Home

Ikigai - Teste Ikigai Online: como fazer Ikigai e descobrir meu propósito de vida significativa

De acordo com a sabedoria japonesa, conseguimos descobrir o propósito da vida através de uma avaliação de 4 fatores principais e, quando você encontra algo para fazer que consiga contemplar os 4 fatores, você conseguirá viver uma vida significativa. Então, o que é o Ikigai japonês? Como fazer Ikigai? Há teste para descobrir o Ikigai? Quais são os 4 fatores? Como aplicar Ikigai?

Como fazer Ikigai?

O Ikigai é uma forma de pensar japonesa sobre o que fazer com a sua vida. É uma teoria muito interessante e cada vez mais difundida no ocidente, pois leva em consideração diversos fatores cruciais da vida. A palavra Ikigai em japonês significa "razão de ser" e o diagrama deixa mais fácil a compreensão de como fazer o Ikigai para descobrir meu propósito de vida significativa, a partir da análise de 4 fatores principais. Leia abaixo para saber como fazer Ikigai, interpretando o diagrama e encontrar seu propósito de vida.

Teste Ikigai - como descobrir meu propósito de vida significativa?

Quer saber se existe um teste Ikigai online para descobrir como aplicar seu ikigai? Você pode aprender abaixo como analisar o gráfico Ikigai, responder as perguntas com a maior sinceridade possível, se dando tempo e anotando todas as ideias que obter através da reflexão que as perguntas trazem. Ou, se preferir, pode também responder o teste online Ikigai em português do Ikigai Test.

Ikigai como teste vocacional?

Muitas pessoas utilizam o Ikigai como base para reflexão profunda na escolha da profissão, então, sim, o teste Ikigai pode ser considerado um teste vocacional, se bem pensado e detalhado. Existem muitos testes vocacionais online e nossa equipe Aprimoramente reuniu um guia com os melhores teste vocacionais online gratuitos, para quem se interessar, aqui está o link: Guia de Testes Vocacionais. Contudo, lembramos que sempre é bom utilizar um profissional para auxiliar a escolha da profissão, como um orientador vocacional.

Como aplicar Ikigai?

Quais são os 4 fatores que devemos pensar para encontrar nosso Ikigai?

  1. O que eu amo fazer?
  2. O que faço bem feito?
  3. O que o mundo precisa?
  4. E o que posso ser pago para fazer?

É um desafio, mas quando você encontra algo que consiga abranger estes 4 aspectos, você encontra seu Ikigai. Pois, não adianta ser somente dois ou 3 fatores, isso leva a uma vida com sentimentos de vazio, incompletude, incerteza, inutilidade ou falta de riqueza, dependendo do fator deixado de fora.

  1. Paixão: se você fizer algo que ama e que faz bem feito, você sentirá prazer, mas não necessariamente ganhará dinheiro por isso, nem estará ajudando o mundo com seu trabalho.
  2. Profissão: se você fizer algo bem feito e é pago por isso, você terá completado o que é necessário para uma profissão, mas não necessariamente se sentirá feliz e realizado, pois não ama aquela atividade e ela pode não estar ajudando o mundo.
  3. Missão: se você fizer algo que ama e que é útil para o mundo, terá sua missão de vida, mas não necessariamente fará bem feito, nem receberá dinheiro por isso.
  4. Vocação: se você fizer algo que é pago e que é útil para o mundo, gerará riqueza, mas não estará fazendo algo que ama.

Nenhuma das 4 opções acima gera uma vida plena, pois sempre há a sensação de faltar algo importante. O segredo, desafiador, mas importante, é tentarmos descobrir o Ikigai.

IKIGAI teste como fazer.png

O que é Ikigai, então?

Ikigai é encontrar seu propósito de vida, é utilizar seu tempo com atividades que você ama, sabe fazer bem, ganha dinheiro vivendo uma vida significativa, completa, útil e que gera riqueza.

Esperamos que tenha gostado do artigo que escrevemos com carinho para ajudar você a encontrar seu Ikigai e viver uma vida com propósito. Compartilhe com seus amigos.

Gostou do artigo?

Compartilhe com quem você acha que se interessa por este assunto.

Quer se inspirar para aprender algo novo?

Veja nosso guia de cursos, eventos, professores, plataformas e instituições de ensino.

Ver o guia

Quer ver mais artigos?

Leia todos os artigos do Aprimoramente e autores convidados sobre educação e aprendizado.

Ver todos artigos
Carregando...